CREAS sensibiliza sociedade com exposição sobre violência sexual contra crianças e adolescentes

A Instalação Sobre Violência mostrou ambientes que remetem aos locais mais comuns de violência sexual contra crianças e adolescente, produções artísticas dos alunos das escolas municipais com mensagens de conscientização.
Infelizmente, os casos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes são uma realidade ainda presente na sociedade. É diante deste triste quadro que a Secretaria Municipal de Assistência, Desenvolvimento Social e Economia Solidária, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), vem realizando medidas de sensibilização com os munícipes.

Uma delas foi a Instalação Sobre Violência exposta na Praça dos Expedicionários entre os dias 16 e 18 de maio, com ambientes que remetem aos locais mais comuns onde acontecem esse tipo de violência contra crianças e adolescentes.

“Mais de 300 visitantes puderem se sensibilizar com o ambiente escuro da exposição e ver que as crianças que sofrem violência sexual vivem uma situação obscura, terrível e sem proteção. Inclusive retratamos os cenários com a BR-116, bares e o ambiente doméstico, onde acontece o maior número de casos com este tipo de violação de direitos”, explicou a secretária municipal, Cristiane Marques.

Outro ambiente que atraiu bastante a visita do público foi a sala de cinema que exibiu trechos dos filmes ‘Anjos do Sol’ , ‘No limite do Silêncio’ e “Tráfico Humano”.

Já pelo lado de fora, o público se deparou com produções artísticas dos alunos das escolas municipais com mensagens de conscientização contra a violência sexual e uma árvore com 53 flores simbolizando cada um dos casos de abuso e exploração sexual atendidos atualmente pelo CREAS.

“É muito frequente verificarmos nas ocorrências a violência intrafamiliar, ou seja, casos onde integrantes da mesma família ou pessoas muito próximas, que inclusive deveriam zelar pela integridade da criança ou adolescente, aproveitam da relação de confiança construída com ela para praticarem esse crime”, detalhou a Coordenadora do CREAS, Eliane Maria dos Santos.

A INICIATIVA

Profissionais que trabalham na rede de garantia dos direitos de crianças e adolescentes também participaram de encontro promovido no dia 14/05 pela Prefeitura de Registro, por meio do CREAS.

Realizado na sede do CCI, o encontro fez parte da Campanha municipal do Dia 18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, e foi importante para rearticular o movimento em defesa dos direitos da criança e do adolescente e implantar o fórum permanente de promoção, proteção e defesa desses direitos.

O serviço do CREAS oferece atendimento especializado para famílias e pessoas em situação de ameaça ou violação de direitos, que sofrem violência física, psicológica, negligência, abuso e exploração sexual, entre outros.

Também participaram do evento representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, da DRADS, APAE, Defensoria Pública e Promotoria de Justiça, Associação Renascer, Secretaria Municipal de Educação, Diretoria Regional de Ensino, Conselho Tutelar de Registro, DRS XII, Hospital São João, Hospital São José, UPA, CAPs, SEST SENAT, CEREST e CRIFF.

DENÚNCIAS

As denúncias de violência podem ser feitas pelo Disque 100 ou no Conselho Tutelar (Rua Porto Alegre, 147 – Vila Tupi - telefone (13)3822-4699). Em casos de emergência ligue 190 – Polícia Militar.





























Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS