Prefeito de Registro anuncia investimentos do Governo do Estado na saúde regional

Vale do Ribeira receberá médicos residentes para atuar em hospitais e unidades de saúde.
O prefeito de Registro, Gilson Fantin, e o presidente da Assembleia Legislativa Samuel Moreira participaram de reunião com representantes da Secretaria Estadual de Saúde e da Faculdade de Medicina da USP nesta segunda-feira, 30/09, para tratar sobre investimentos na saúde do município e da região. Segundo o prefeito, a USP está desenvolvendo um programa de residência médica especialmente para o Vale do Ribeira.

“Além dos hospitais, os estudantes de Medicina realizarão residência médica nos postos de saúde. Haverá melhoria no atendimento e na gestão da saúde”, explica Gilson. O objetivo é suprir todas as necessidades de gestão e capacitação dos profissionais, dando apoio inclusive nas especialidades médicas.

O prefeito informou que o primeiro passo é formar um grupo de apoio com representantes da USP, Secretaria Estadual de Saúde, secretários/diretores municipais de saúde da região e Consaúde para então realizar um diagnóstico da estrutura regional. A previsão é que os médicos residentes comecem a trabalhar no Vale do Ribeira em janeiro do próximo ano.

Além de Gilson e Samuel, a reunião na USP contou com a participação do secretário adjunto de Estado da Saúde, Dr. Wilson Pollara; do diretor da Faculdade de Medicina (FMUSP), Dr. Giovanni Guido Cerri; diretor administrativo da Faculdade, José Manoel de Camargo; secretário municipal de Saúde de Registro, João Sakô; presidente do Consaúde, prefeito de Pedro de Toledo Sérgio Miyashiro; superintendente do Consaúde, Maria Carmen Amarante Botelho; e do diretor técnico da DRS-XII, Nilson Resende.

INVESTIMENTOS

O programa de residência médica vem se somar a uma série de investimentos que o governo Geraldo Alckmin vem realizando na região. Ele já aprovou a construção de 15 Unidades Básicas de Saúde (uma para cada município). Em Registro, a UBS será construída na Vila Ribeirópolis. A região ganhará ainda dois CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial), que serão implantados em Juquiá e Jacupiranga.

As obras do Hospital Regional de Alta Complexidade estão previstas para começar em junho de 2014 em Registro. O projeto executivo está sendo reformulado, já que o governador solicitou o aumento do número de leitos – de 175 para 220 leitos, sendo 40 de UTI. O investimento, que era de R$ 80 milhões, subiu para R$ 120 milhões. O terreno para o hospital já foi adquirido pela Prefeitura de Registro e doado para o Estado.

De acordo com o prefeito Gilson Fantin, o governador também aprovou o financiamento para a informatização de toda a rede de saúde do Vale do Ribeira. “Quando uma pessoa chegar no hospital, o médico poderá acessar o prontuário do paciente e saber todos os problemas de saúde que ele já teve. Essas informações são essenciais para um diagnóstico mais preciso”, explica. A informatização vai interligar a atenção básica (postos de saúde) com laboratórios, hospitais, prontos-socorros e todos os serviços referenciados.

UPA

O Governo do Estado liberou ainda R$ 440 mil para materiais de consumo e aprovou outros R$ 570 mil para aquisição dos equipamentos que ainda faltam para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Segundo o prefeito Gilson, a previsão é que a UPA comece a funcionar em dezembro.
Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS