Prefeitura de Registro implanta projeto para reduzir obesidade infantil

Inicialmente, o Vidativa Kids vai atender crianças de 5 escolas municipais.
Refrigerantes, salgadinhos, biscoitos recheados e doces em geral fazem a alegria da garotada. Para desespero de quem se preocupa com a saúde das crianças, os hábitos alimentares baseados no chamado “fast food” estão cada vez mais comuns e têm contribuído com o aumento da obesidade infantil. Visando conhecer a realidade local, incentivar hábitos saudáveis e reduzir a obesidade entre as crianças, a Prefeitura de Registro está implantando o projeto Vidativa Kids.

A ideia partiu da médica pediatra Paula Frassinetti, articuladora do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) da Secretaria Municipal de Saúde. Ela resolveu ampliar o Vidativa, que já atende centenas de adultos nas unidades de saúde de Registro, para o universo infantil. O projeto piloto está sendo desenvolvido em cinco escolas municipais: Prefeito José Mendes, Professora Olga Clivatti Rodrigues, Prefeito José de Carvalho, Bamburral de Baixo e Bamburral de Cima, que atendem oito bairros do município.

A nutricionista do NASF, Gislene dos Anjos Tamasia, explica que o primeiro passo foi verificar o peso e a altura das crianças com idade entre 6 e 12 anos. Dos 524 alunos avaliados, 28,8% estão acima do peso, sendo que 15,8% apresentam obesidade. O resultado reforçou a necessidade de implantar o Vidativa Kids, com ações preventivas envolvendo não só a saúde, mas também as Secretarias de Educação e Esportes.

A partir de 16 de setembro, as crianças com sobrepeso e obesidade passarão por consulta com nutricionista e atendimento com educador físico na unidade de Saúde do Registro B. Elas também serão encaminhadas para fazer exames físicos e laboratoriais a fim de identificar alterações metabólicas, como diabetes e colesterol elevado, e complicações cardiovasculares, como pressão alta. Após os exames, serão atendidas por pediatra e terão prioridade no programa Segundo Tempo, que levará atividades esportivas para as escolas. O Vidativa Kids foi apresentado para os profissionais da Secretaria Municipal de Educação nesta segunda-feira, 19/08, para que os professores também trabalhem a educação nutricional nas atividades de classe.

“É preciso criar o hábito de comer alimentos saudáveis. Hoje em dia as crianças não vão mais para a cozinha com os pais, não sentem mais o aroma dos alimentos. As famílias preferem optar pela praticidade”, comenta a nutricionista. “É mais cômodo dar um pacote de biscoitos para a criança do que lavar e descascar uma fruta”, acrescenta Gislene, destacando que o trabalho do Vidativa Kids envolve também os pais das crianças. Eles serão chamados para responder a um questionário e receberão orientações.

Após um ano, será realizada uma nova avaliação das crianças. A meta do projeto é reduzir em 70% o número de alunos com excesso de peso. Além de pediatra, nutricionista e educador físico, as crianças contarão com apoio de psicólogo para auxílio nos problemas psicossociais. No próximo ano, a ideia é expandir o Vidativa Kids para as demais escolas municipais de Registro. 

Fotos: Profissionais da saúde verificaram peso e altura das crianças nas escolas





























Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS