Com mais de 500 visitas registradas, exposição A Arte do Povo do Brasil segue até dia 27/07 no Complexo Cultural K.K.K.K.

Dentre as peças expostas, o público poderá conferir obras assinadas por um dos mais renomados ceramistas, Mestre Vitalino.
Quem quiser saber mais a respeito da nossa cultura retratada por meio de obras esculpidas por grandes nomes de artistas não pode perder a exposição ‘A Arte do Povo do Brasil’. Aberta no dia 27 de junho, no Complexo Cultural K.K.K.K., a mostra atraiu 520 visitantes em duas semanas, inclusive alunos da Rede Municipal de Ensino. Com entrada franca, a exposição segue até o dia 27 de julho.

O público terá a oportunidade de apreciar cerca de 40 obras produzidas em cerâmica, madeira, barro pintado, entre outras técnicas que reproduzem a diversidade da arte popular brasileira. Dentre as peças expostas é possível conferir trabalhos assinados por um dos mais renomados ceramistas, Mestre Vitalino.

O artista pernambucano se notabiliza por suas figuras inspiradas nas crenças populares, em cenas do universo rural e urbano, no cotidiano, nos rituais e no imaginário da população do sertão nordestino brasileiro.

Ainda é possível admirar esculturas realizadas pelo seu filho, Severino Vitalino, que até hoje produz os bonecos de barro em seu Ateliê, no Museu Casa do Mestre Vitalino, em Caruaru (PE).

Entre os trabalhos exibidos, os de artistas cearenses já considerados clássicos como Manuel Graciano, Diomar das Véias, Nino e Celestino, fazem parceria com os não menos famosos João das Alagoas, Nena e Resendio. Destacam-se ainda nesta mostra itinerante os exemplares da cerâmica de Caruaru, Pernambuco, além de grandes mestres como Manuel Eudócio e Luiz Antônio da Silva.

Do sul, estão presentes trabalhos das figureiras de Taubaté, o ‘Sinaleiro do Vento’ de Laurentino Rosa, vindos de Curitiba e os coloridos ‘Pássaros’ de Antônio Passarinheiro, de Bocaiúva do Sul, também no Paraná. A obra ‘O Circo’, em miniatura móvel de Adalto Fernandes Lopes, de Niterói, nos convida a entrar no ‘mundo dos sonhos’.

Minas Gerais também está bem representada, com a ‘Mulher Amamentando’ de Placedina Fernandes e o ‘Casal de Noivos’ de Isabel Mendes da Cunha, ambas do Vale do Jequitinhonha. Além destas, a ‘Arte do Povo do Brasil’ reúne ainda muitas outras obras de grandes mestres brasileiros.

“Está é mais uma importante exposição que Registro abriga e que retrata de forma única a cultura e a arte do povo brasileiro. São peças do Museu Afro Brasil, considerado um dos maiores acervos itinerantes do País. Tenho certeza que os visitantes ficarão satisfeitos em apreciar obras de figuras humanas de artistas de nível internacional”, destacou o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Cristiano de Oliveira.

O Diretor Municipal de Desenvolvimento Social, Carlos Alberto Pereira Junior, chama atenção para a analogia que a mostra possibilita com a cultura do Vale do Ribeira. “O público pode perceber que muitas peças artísticas possuem semelhanças significativas com o trabalho artesanal que é realizado em nossa região. Os monitores, que são alunos do curso de História da Unisepe, estão preparados para fornecer todas informações referentes às obras expostas e permitir que o visitante desfrute de forma especial da mostra”.

A Exposição ‘A Arte do Povo do Brasil’ é uma realização do Museu Afro Brasil (São Paulo), SISEM – Sistema Estadual de Museus e Secretaria do Estado de Cultura, com apoio da Prefeitura de Registro, Unisepe e Centro Paula Souza.

SERVIÇO

Exposição: ‘A arte do Povo do Brasil’

Encerramento: 27 de julho

Local: Complexo Cultural K.K.K.K. - ETEC Registro

Rua Miguel Aby-Azar, 153 - Centro – Registro/SP

Das 9h às 12h e das 14h às 21h – seg. à sexta (sábado e domingo até às 18h).





























Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS