Governo do Estado altera projeto de Penitenciária para CDP

Prefeito Gilson Fantin recebe no final de fevereiro o novo projeto do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Registro
O prefeito Gilson Fantin recebeu no final de fevereiro o novo projeto do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Registro, que antes estava denominado como Penitenciária Masculina. O documento retificado foi encaminhado pela Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo e apresenta informações sobre o projeto básico, memorial descritivo e especificações técnicas de drenagem para a construção da Unidade.

Para o prefeito, o projeto reencaminhado é mais uma prova do compromisso do governo do Estado, que garantiu no início de dezembro que não haveria mais uma penitenciária de segurança máxima em Registro, mas sim um CDP. No dia 10/12, Gilson Fantin esteve com o secretário de Estado da Administração Penitenciária, Lourival Gomes, para solicitar a mudança do projeto. “Durante toda a campanha afirmamos que tínhamos condições de restabelecer o diálogo com o governo do Estado. A implantação do presídio é um tema polêmico, a maioria é contra e nós apresentamos todos os argumentos ao secretário, visando sensibilizá-lo sobre as dificuldades que o Vale do Ribeira já enfrenta e nosso potencial logístico que estaria ameaçado com uma penitenciária de segurança máxima”, afirmou Fantin, após o encontro agendado e acompanhado pelo deputado estadual Samuel Moreira.

Com a implantação do CDP, as cadeias públicas da região serão desativadas. A Unidade será construída às margens da Rodovia Régis Bittencourt, onde as obras de terraplanagem começaram no final do ano passado. O CDP terá 10.861,95 metros quadrados de área construída e capacidade para abrigar cerca de 700 detentos.
Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS