Igreja Anglicana do Bairro Manga Larga comemora 84 anos

Celebração na igreja reformada pelo Iphan e almoço comunitário marcaram a data
O prefeito Gilson Fantin e a primeira-dama Maria Amélia prestigiaram a comemoração dos 84 anos de fundação da Igreja Episcopal Anglicana do Bairro Manga Larga, na zona rural de Registro. A celebração realizada no domingo, 9 de junho, marcou também os 90 anos da vinda do missionário João Yasoji Ito, que difundiu a religião na colônia japonesa do bairro.

A cerimônia religiosa teve a participação dos Reverendos Mario Ribas e José de Jesus Gonçalves, da Reverenda Carmen Kawano e do bispo do Rio de Janeiro, Dom Filadelfo de Oliveira, que realizou a Homilia e o rito de confirmação de dez membros da Igreja. Ao final da celebração, o prefeito Gilson Fantin prestou sua homenagem à Igreja Anglicana. “Que Deus nos ilumine e nos dê forças para que consigamos viver em comunidade, unidos em torno do bem comum. Quem faz a Igreja somos nós”, ressaltou o prefeito, ao parabenizar a comunidade por manter as tradições e os laços de união.

A solenidade foi marcada ainda pela entrega de uma placa de madeira recuperada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A madeira de pinho foi encontrada no telhado da igreja durante a reforma concluída recentemente e tem gravado o projeto feito pelo carpinteiro responsável pela construção da capela, Kessashi Hayashi. De um lado está o desenho da obra feito pelo carpinteiro. Do outro, há uma homenagem gravada em japonês pela comunidade na época em que a igreja foi inaugurada.

A madeira traz ainda um registro da reforma realizada em 1974 – os pedreiros deixaram uma pequena mensagem escrita a lápis. Restaurada pelo Iphan, a placa foi devolvida para a Igreja Anglicana pelo arquiteto Victor Hugo Mori. Segundo ele, a capela foi reformada especialmente para o aniversário de 84 anos. “O Iphan foi além do que estava no contrato para que a comunidade pudesse voltar a utilizar a igreja. Foi preciso refazer a estrutura do telhado, reformar o assoalho, fazer o escoramento de risco e realizar a pintura”, afirmou Victor. Ele explicou que o Iphan ainda está realizando o levantamento arquitetônico da Igreja, necessário para fazer o restauro que irá recuperar algumas características originais que se perderam ao longo do tempo.

Fundada em 1929, a Capela de Todos os Santos do Bairro Manga Larga é a única Igreja Anglicana tombada como patrimônio histórico nacional que está em atividade no Estado de São Paulo. Ela foi construída pelos próprios imigrantes japoneses utilizando uma técnica que dispensa pregos e possui estilo arquitetônico parecido com o dos templos japoneses.

Após a celebração na Igreja, fieis e visitantes participaram de um grande almoço comunitário. O evento foi prestigiado também pelo secretário de Serviços Municipais da Prefeitura, Claudio Bolsonello; secretária de Administração, Débora Goetz; chefe de Gabinete Luciano Miyashita; diretor de Desenvolvimento Econômico e Social, Carlos Alberto Pereira Junior; assessor do deputado estadual Samuel Moreira, Felipe Raphael; vereador Heitor Sansão; além de técnicos do Iphan.





























Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS