Registro é o primeiro município de médio porte do Estado em investimentos na área social

Em pouco mais de 2 anos de gestão, a Prefeitura de Registro aumentou o número de CRAS, passando de apenas duas unidades, em 2012, para cinco CRAS, sendo que ainda tem mais uma unidade em construção.
Dentre as muitas melhorias que o Prefeito Gilson Fantin realizou para o desenvolvimento de Registro, os investimentos na área social fizeram com que o município atingisse uma marca inédita. Registro é o únicacidade de médio porte (população entre 50 mil e 99.999 mil habitantes) no Estado de São Pauloque possui cinco unidades de Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). Para ter uma ideia do tamanho do investimento que Registro fez, existem municípios de grande porte, com população entre 100 mil e quase 1 milhão de habitantes, que não possuem esse número de unidades para atendimento a munícipes em situação de vulnerabilidade.

“Eu só tenho que agradecer ao excelente trabalho realizado pela nossa equipe de funcionários. Cada vez mais estamos conquistando espaços na mídia com notícias que enaltecem e valorizam o que a nossa cidade tem de melhor. Conseguimos empreender um modelo de política que valorize o ser humano de uma maneira que ofereçaàs pessoas menos favorecidas condições de resgatar a sua autoestima”, enalteceu Fantin.

O Prefeito ainda destaca mais duas conquistas importantes que é motivo de orgulho para os registrenses. No final do ano passado o Município superou a média no IDEB que saltou de 4,8, em 2011, para 5,7, em 2013, comprovando que a educação está no caminho certo. Outro destaque foi a certificação do 2º ciclo do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) que avaliou 11 Unidades de Saúde (PSF), das quais 9 obtiveram classificação “muito acima da média” e outras 2 ficaram “acima da média”.

“Deixamos de ser notícia em assuntos negativos para Registro ser reconhecida como sinônimo de desenvolvimento. O nosso compromisso é empreender uma gestão de qualidade e compromisso com a qualidade de vida das pessoas”, ressaltou o Prefeito.

O índice que coloca Registro em posição de destaque no Estado é apontado pela própria Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo. “Registro é um exemplo a ser seguido em assistência e desenvolvimento social. Principalmente por dar essa atenção para as pessoas em situação de vulnerabilidade. Mesmo ocupando um patamar médio,com pouco mais de 56 mil habitantes, a cidade desponta em uma posição expressiva pelos investimentos realizados na área social”, reconheceu a Diretora da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social – Drads, Ana Lourdes Fidelis de Oliveira.

Em pouco mais de 2 anos de gestão, a Prefeitura de Registro aumentou o número de CRAS, passando de apenas duas unidades, em 2012, para cinco CRAS, sendo que ainda tem mais uma unidadeem construção. Os investimentos ainda foram ampliados com a contratação de novas equipes devidamente capacitadas e novos equipamentos para priorizar o acompanhamento das famílias em situação de vulnerabilidade. O resultado dos investimentos fez com que Registro ampliasse o número de beneficiários em todos os programas sociais.

“Conseguimos estruturar um plano de trabalho com profissionais altamente qualificados e engajados no objetivo de atender de uma maneira acolhedora, para dar o devido encaminhamento ao programa adequado a sua necessidade”, afirmou a Secretária Municipal de Assistência, Desenvolvimento e Economia Solidária, Cristiane Marques.

A Diretora Técnica, Caterine Costa Pereira, explica a metodologia de trabalho que foi aplicada desde o início desta gestão. “Propiciar assistência social é muito mais do que praticar o assistencialismo. Não basta apenas sanarmos uma necessidade pontual, sendo que ele não foi resolvido em sua essência. Criamos um lema de introduzir conhecimento na vida do indivíduo para que ele transforme o seu mundo”.

E esta mudança de filosofia é confirmada por meio das muitas ofertas de cursos de qualificação profissional oferecidos à população. As capacitações foram realizadas por meio das parcerias com o Fundo Social de Solidariedade de Registro, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), SEST-SENAT, ELEKTRO e algumas empresas da região que resultou em 1.550 pessoas qualificadas para o mercado de trabalho e ingressar no seu próprio negócio.

RECONHECIMENTO – O trabalho realizado pelo Prefeito Gilson Fantin na área de Assistência Social teve reconhecimento pelo Governo Federal, por meio do Ministério de Desenvolvimento Social. O site oficial do órgão traz como destaque uma entrevista com a Diretora Técnica da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e Economia Solidária, Caterine Costa Pereira, que esteve integrando uma comitiva que contou com a participação da Secretária Municipal, Cristiane Marques e a Assessoria de projetos, Marcela Takano.

Confira a matéria no site oficial da Ministério do Desenvolvimento Social neste link.






























Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS