Registro tem programação especial na Semana da Criança

Festival de Arte para Crianças começou nesta terça-feira, 7/10, e segue até domingo, dia 12, com diversas atrações no Centro Cultural K.K.K.K.
Registro preparou uma programação especial dedicada ao público infantil para comemorar a Semana da Criança. O Festival de Arte para Crianças começou nesta terça-feira, 7/10, e segue até domingo com diversas atrações no Centro Cultural K.K.K.K. De terça a quinta, os espetáculos, oficinas e workshops são direcionados para a comunidade escolar. A partir de sexta até domingo, as atrações são abertas ao público em geral.

O Festival de Arte para Crianças acontece pela segunda vez no município e traz para o público infantil uma grande diversidade de linguagens artísticas, como teatro, dança, música, contação de histórias, literatura e circo. Toda a programação é gratuita.

Entre os destaques, está o show “BNegão & Seletores de Frequência cantam e tocam O Sítio do Picapau Amarelo”, na sexta-feira (10/10), às 19h30 no palco externo do Teatro Wilma Bertelli. Na apresentação, o músico une sua música negra universal com influência do hip hop, funk e soul, às canções que embalaram o Sítio do Picapau Amarelo, com a banda caracterizada como personagens da história – BNegão é o Tio Barnabé.

Além de BNegão & Seletores de Frequência, destaca-se a apresentação de “Estórias para Cantar”, da Banda Estralo, no domingo às 19h, no Teatro. Nascida a partir de vivências com arte-educação, a banda apresenta número que despertam a percepção musical da criança, com canções alegres, poéticas e instigantes, compartilhando imagens do universo infantil e proporcionando uma oportunidade para a ampliação do repertório dos pequenos.

No final de semana, a programação contará ainda com 8 espetáculos de teatro voltados ao público infanto-juvenil. Encenada dentro de um ônibus, a peça “Intolerância” será apresentada na Praça Beira Rio, no CEU Vila Nova e também no Centro Comunitário do Agrochá. Bastante atual, o espetáculo do grupo Buzum trata sobre Bullying na escola.

No domingo, a criançada poderá se divertir com o Circo Malabarístico dos Irmãos Becker, que também apresentarão o espetáculo “O Mundo dos Irmãos Becker”, na Praça Beira Rio.

O Festival é realizado pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo com execução da APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) e co-realização da Prefeitura de Registro.

7º Festival de Arte para Crianças - Registro

Realização: Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Execução: APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte)

Co-realização: Prefeitura de Registro

Datas: de terça a domingo (07 a 12.10)

Locais: Complexo Educacional e Cultural K.K.K.K. (Rua Miguel Aby-Azar, 153)

Praça Beira Rio

Site: www.arteparacriancas.org.br

Ingressos: Gratuitos. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria do teatro com uma hora de antecedência. Serão distribuídos no máximo dois ingressos para cada pessoa.

Os espetáculos teatrais apresentados de terça (07.10) a quinta-feira (09.10) são voltados às escolas de Registro e região.

PROGRAMAÇÃO DO FINAL DE SEMANA

Sexta-feira – 10/10

10h: Teatro “O Lugar de Onde se vê” – Cia. Ouro Velho (Teatro)

10h e 14h30: Teatro “A Condessa e o Bandoleiro” – Barracão Cultural (K.K.K.K.)

19h: Cerimônia de abertura (Teatro – área externa)

19h30: Música “Sítio do Picapau Amarelo” com BNegão e os Seletores de Frequência (Teatro – área externa)

Sábado – 11/10

9h e 11h: Teatro “Intolerância” – Buzum (Praça Beira Rio)

13h e 15h: Teatro “Intolerância” – Buzum (CEU Vila Nova)

14h: Dança “Oras Bolas” – Cia. Noz de Teatro (K.K.K.K.)

15h30: Teatro “A Cuca Fofa de Tarsila” – Cia. Articulares (Praça Beira Rio)

16h30 e 18h: Teatro “Intolerância” – Buzum (Centro Comunitário do Agrochá)

16h30: Literatura “Contação de Histórias” – Batucajé (K.K.K.K.)

17h30: Circo “Nelson do Bigodinho” – Cia. Moscas Volantes (Praça Beira Rio)

19h: Música “Estórias de Cantar” – Banda Estralo (Teatro – área externa)

Domingo – 12/10

10h: Circo Malabarístico – Irmãos Becker (Praça Beira Rio)

10h30 e 16h: Teatro “Agora eu era Herói” – Cia Um de Teatro (K.K.K.K.)

11h30: Teatro “Sonhatório” – Cia. Truks (Teatro)

14h: Performance “Brincando com Bolhas de Sabão” – Miguel Luiz Ambrizzi (Praça Beira Rio)

14h30: Ópera “Elixir do Amor” – Willian Produções (Teatro)

17h: Teatro “Construtório” – Cia Truks (Teatro)

19h: Circo “O Mundo dos Irmãos Becker” – Irmãos Becker (Praça Beira Rio)

Acompanhe também a programação do 2º Festival da Cidadania, realizado pela Secretaria Municipal de Educação de Registro, no dia 11 de outubro (sábado) a partir das 9h no K.K.K.K. – palco externo.

TEATRO – SINOPSES

O lugar de onde se vê - Cia Ouro Velho

Sexta-feira, 10/10 – 10h – Teatro Wilma Bertelli

ERA UMA VEZ uma menina. Mas uma menina triste. Quase cinza, de tão triste. Um dia, quis o acaso que a menina-quase-cinzafosse parar em um velho prédio abandonado. O que ela não sabia é que ali era um antigo teatro, habitado ainda pelas musasda Tragédia, da Comédia e do Drama. As três, ao perceberem a tristeza de Eva, a menina, decidem ajudá-la a reencontrar a alegria perdida. E para isso empregam o único meio que conhecem: a imaginação.Eva inicia então uma aventura pelo mundo do teatro, em busca de uma certa Princesa Aprisionada. E assim encontra personagens famosos da dramaturgia universal como Hamlet, Cyrano e Arlequim, que a ajudam a preparar-se para o grande encontro final, consigo mesma.

Realização: Cia. Ouro Velho - Centro de Estudos e Criação Teatral

A Condessa e o Bandoleiro - Barracão Cultural

Sexta-feira, 10/10 – 10h e 14h30 – K.K.K.K.

Uma condessa entediada com a nobreza sonha com uma vida de aventuras. Um temido bandoleiro vive todo e cada dia no limite do perigo. As histórias tão diferentes destes dois personagens acabam se cruzando de uma maneira lúdica e bastante brasileira no espetáculo de rua A Condessa e o Bandoleiro.

Na peça, a condessa entediada, seu acompanhante, o barão, e sua ama decidem sair da vida tediosa da riqueza e atravessar a floresta em direção a um baile. No caminho, são obrigados a pernoitar em uma taberna, onde se encontrarão com o temido bandoleiro Zé Facada, que os colocará diante de um novo mundo que mudará suas visões de si mesmos e dos outros.

Realização: Barracão Cultural

Intolerância – Buzum

Sábado – 11/10

9h e 11h: Praça Beira Rio

13h e 15h: CEU Vila Nova

16h30 e 18h: Centro Comunitário do Agrochá

Três personagens, uma mochila, um caderno e uma camiseta contam a história de agressão de sua dona, uma menina comum que sofre Bullying na escola. Com o uso de vídeo e teatro de objetos a peça não mostra o agressor e a vítima de uma forma julgadora, mas o quanto essas atitudes podem influenciar o comportamento dos jovens e a importância de aceitarmos as diferenças.

Classificação etária: 7 a 17 anos

A Cuca Fofa de Tarsila – Cia Articularte

Sábado – 11/10 – às 15h30 – Praça Beira Rio

Apresentar para as crianças, de forma lúdica, um trecho da história da arte brasileira é a proposta de A Cuca Fofa de Tarsila, encenação de teatro de bonecos manipulados, de corpo inteiro, com base na técnica Bunraku (atores aparecendo ao fundo). Com texto e direção de Dario Uzam, bonecos de Surley Valéria, o espetáculo é inspirado na obra de Tarsila do Amaral (1886), uma das maiores artistas plásticas brasileiras, figura de destaque do Movimento Modernista. Encantado de amor pela Negra Tarsila - que samba graciosamente na festa de seu aniversário, o Boi da Lua faz o maior reboliço no vilarejo ao disputar o amor da amada com o Abaporu. Enfeitiçado, o Abaporu vai parar na lua e depois se perde no escuro da floresta, ao levar uma chifrada do Boi, que fica preso num pé de cacto. Na luta para reencontrar o Abaporu, a Negra Tarsila enfrenta dificuldades e entidades fantásticas da floresta.

Faixa etária: a partir de 03 anos de idade e familiares

Duração – 45 minutos

Agora eu era Herói – Cia Um de Teatro

Domingo – 12/10 – às 10h30 e 16h no K.K.K.K.

Conta a história de um tímido menino que conhece uma bailarina cheia de histórias para contar sobre “como é o mundo”. Numa animada viagem, o menino começa a se deparar com seus primeiros desafios como homem e tem que enfrentar o medo e fazer escolhas. Assim ele irá descobrir o amor e o prazer da aventura que a vida pode oferecer.

SONHATÓRIO – Cia Trucks

Domingo – 12/10 – 11h30 no Teatro Wilma Bertelli

É hora do almoço no Sanatório Boa Cabeça. Sentam-se à mesa três supostos loucos para a refeição. Porém, não há ali nada para comer ou beber. Sedentos e famintos, os amigos partem em uma deliciosa viagem imaginária em busca de comida, que os levará para áridos desertos, para o fundo do mar e para longínquos planetas. Incríveis personagens feitos de guardanapos, bacias, copos, garrafas pet, sacolas plásticas, talheres e pratos os acompanharão por saborosas aventuras. Após finalmente conseguirem almoçar, revela-se ao público a surpresa: Eram eles de fato os loucos, ou serão loucos aqueles incapazes de brincar? Nossos amigos oferecem ao público um dos melhores remédios para tudo: A possibilidade da construção de uma vida mais saudável, feita da sincera amizade dos verdadeiros amigos, e de muito bom humor. Eles transformam o que seria um sanatório em um Sonhatório!

O Elixir do Amor – Willian Produções

Domingo – 12/10 – às 14h30 no Teatro Wilma Bertelli

Em um vilarejo italiano, o jovem camponês Nemorino é apaixonado por uma rica moça, Adina. Ela também sente uma forte atração por ele, mas o despreza para deixar o pobre rapaz desesperado. Adina o esnoba sempre que pode e diz que até se casará com um sargento. Ao mesmo tempo, chega à aldeia um charlatão que é conhecido como Dulcamara, ele vende aos pobres e iludidos, um falso vinho que diz ser o Elixir do Amor, você bebe e todos os seus problemas se resolvem. Quando Nemorino ouve falar da tal bebida do amor... pronto, começa a divertida confusão!

Duração: 50 minutos

CONSTRUTÓRIO – Cia Trucks

Domingo – 12/10 – às 17h no Teatro Wilma Bertell

Em “CONSTRUTÓRIO” três operários ficam impedidos de saírem da obra em que trabalham, ao final do expediente, por conta de uma tempestade que não os deixa voltarem para as suas casas. “Presos” que estão, no entanto, libertam a fantasia para criar as mais incríveis aventuras: transformam ferramentas, e demais objetos da obra, em instrumentos de suas viagens pela imaginação. Assim recontam, com muita criatividade, alguns contos de fadas, parodiam, com muito bom humor, filmes clássicos, criam e interagem com bichos e criaturas formadas pelas mais inusitadas coisas. Revelam-se, por fim, operários de uma obra muito especial. São, sobretudo, poetas, construtores de sonhos...





























Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS