Saúde de Registro zera filas para ultrassom transvaginal e reduz espera para urologia

Em janeiro, havia 830 mulheres aguardando pelo exame de ultrassom.
Buscando a melhoria dos serviços prestados à população, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Registro reorganizou e reestruturou o serviço de agendamento municipal e conseguiu zerar a fila de espera para ultrassom transvaginal e cirurgia e também reduziu o número de pacientes aguardando avaliação para urologia. “Em janeiro, havia 830 mulheres esperando para realizar o ultrassom transvaginal, considerado uma importante ferramenta para a identificação de endometriose, miomas, cistos e nódulos”, revela o secretário de Saúde, João Sakô.

Antes da reestruturação do serviço, pacientes ficavam até um ano aguardando para realizar o exame. Hoje, essa espera não passa de um mês e deve reduzir ainda mais com a chegada dos dois novos equipamentos de ultrassom adquiridos pela Prefeitura com recursos do governo estadual, liberados pelo governador Geraldo Alckmin com apoio do deputado estadual Samuel Moreira. Os aparelhos devem chegar nos próximos dias e atenderão também aos outros tipos de exames feitos com ultrassom, como o morfológico para gestantes.

No caso das cirurgias gerais, 143 pessoas estavam na fila do agendamento em janeiro. Hoje, essa fila está zerada e os agendamentos são realizados conforme a demanda. Em novembro, a Saúde iniciou o mesmo processo com a urologia. Os casos antigos foram reavaliados e o número de pessoas aguardando pelo encaminhamento caiu de 380 para 225 em apenas um mês.
Próxima NotíciaAplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS Aplicativo Zeladoria de Registro está disponível também para iOS